08
Dez 08

Estimados leitores, a crónica de hoje destina-se a todas as pessoas que sofrem de pêlos encravados, um mal até hoje sem cura. 

Os pêlos costumam crecer cerca de um milímetro por dia, porém, por vezes a pele constrói uma barreira à volta do poro, impedido o pêlo de penetrar a pele e vir para o exterior. A barreira anteriormente mencionada forma-se devido à falta de hidratação da sua pele.

A zona mais propícia ao aparecimento de pêlos encravados é a zona da virilha, quer em homens ou mulheres.

Até hoje médicos e dermatólogos apenas aconselham cremes hidratantes, porém estes não têm 100% de sucesso. E nós, as suas sexólogas preferidas, temos a solução para este problema sexualmente inestético.

Inicialmente tem duas opções, ou se depila e corre o risco de ficar com pêlos encravados, ou então opta por um estilo à King Kong, como muitas jovens adolescentes.

Para quem se depila e sofre com este problema também temos duas opções. A primeira é adquirir um alicate capilar, vendidos em qualquer loja de jardinagem, e arrancar desde logo o pêlo encravado. A segunda hipótese é utilizar a baba de cão (100% hidratante), mas não de um cão qualquer. Os cães possuidores da baba mais hidratante são os rafeiros, de preferencia com pulgas e carraças e a melhor forma de aplicar a baba é deixar que o cão lamba a zona afectada. Desta forma, a baba não perde as suas qualidades nutritivas e hidratantes e a sua pêle ganha um aspecto mais saudável.

Deixe o cão lembe-lo durante 15 minutos e repouse 1 hora. Depois, basta lavar a zonha com água (não é necessário gastar sabonete ou gel de duche) e dentro de 24 horas  a barreira que impede o pêlo de vir para o exterior desaparece.

 

E pronto, tão fácil como isto.

Despedimo-nos desta forma e já com saudades, as suas Sexólogas preferidas, Faneca e Ovelina

Publicação de Sexólogas às 16:33
Sexualmente:

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Arquivador Sexual
2009

2008

Curiosidades das Sexólogas
Dúvidas sexuais
 
blogs SAPO